Rio Bananal e região querem a permanência da Comarca

Publicado em 01/02/2020. http://jornalterral.com.br/t-b8D

Reunidos no auditório do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de Rio Bananal, na quarta-feira (29), às 15 horas, autoridades e moradores do município e região – 240 no total – decidiram que vão lutar pela permanência da Comarca de Rio Bananal.

Estiveram presentes: o prefeito Felismino Ardizzon, vice-prefeito Edivaldo Fabres, o presidente da Câmara Municipal, Vilson Teixeira Gonçalves, vice-presidente Maurílio Elisiário e demais vereadores, representantes do Poder Judiciário (servidores do Fórum), o representante do Ministério Público, Adriani Ozório do Nascimento, e o delegado de Polícia Civil, Fabrício Lucindo.

Também participaram: o presidente da OAB-ES, José Carlos Rizk Filho; Estenil Casagrande Pereira, conselheiro de Seccional - ES, Bruno Gonçalves Feregueti, conselheiro Estadual, a presidente da OAB-ES Subseção Linhares, Rio Bananal e Sooretama, Alcídia Pereira de Paula Souza, Ana Paula Paes Leme de Novais Lima, tesoureira, Paulo Lenci Borghi Junior, secretario adjunto, e Moacyr Savernini Junior, conselheiro de Subseção.

E ainda: representantes da Apae, CDL, Creas, Saae, Idaf, CMDCA, CMDPI, IPSMRB, Polícia Militar, Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Fátima (pároco Padre Geraldo Dionísio Bazílio), Sindicato Rural Patronal de Rio Bananal, Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Rio Bananal, e diversos membros da sociedade.

A mesa foi composta pelo presidente da OAB-ES, José Carlos Rizk Filho; presidente da OAB-ES Subseção Linhares, Rio Bananal e Sooretama, Alcídia Pereira de Paula Souza, prefeito Felismino Ardizzon, representante do Ministério Público, Adriani Ozório do Nascimento, delegado de Polícia Civil Fabrício Lucindo e pelo presidente da Câmara Municipal, Vilson Teixeira Gonçalves.

Primeira a discursar, a presidente Alcídia Pereira de Paula Souza salientou que a finalidade da audiência é debater sobre a integração do fórum de Rio Bananal com o de Linhares. Com o advento da Lei 7.888/14 foi realizado um projeto de reestruturação da unidades judiciárias, e com isso iniciou-se uma discussão em que várias comarcas seriam integradas à outras.

Entre estas comarcas está a de Rio Bananal, que seria integrada a comarca de Linhares. Alcídia disse que essa medida seria um retrocesso. “Convocamos uma assembléia com todos os advogados de Linhares, Rio Bananal e Sooretama. Analisamos a situação e somos contrários. Concluímos que Rio Bananal deve permanecer com sua comarca, tendo em vista que o prejuízo seria muito grande, não apenas para os advogados, mas também para a população”, disse.

Os demais oradores concordaram com os argumentos de Alcídia e acrescentaram informações importantes ao tema em questão. Foram eles: o presidente do OAB-ES José Carlos Rizk Filho, o prefeito Felizmino Ardizzon, o representante do MP Adriani Ozório do Nascimento, o presidente da Câmara Vilson Teixeira Gonçalves, o advogado Maciel Ferreira Couto, o delegado Fabrício Lucindo, o advogado Bruno Feregueti Gonçalves, o sindicalista Gilberto Matos e o advogado Estenil Casagrande Pereira.

 

Fotos: divulgação

Autoridades e moradores do município e região vão lutar pela permanência da Comarca de Rio Bananal

 


Representantes da sociedade organizada e moradores deram um abraço simbólico no fórum de Rio Bananal

ANÚNCIO
Fundado em 29/11/1990, o Terral possui circulação impressa semanal e agora estende sua atuação para o ambiente online. Acompanhe-nos através das redes sociais e compartilhe as matérias.
EXPEDIENTE

Diretor
Daniel Porto

Jornalista Responsável
Daniel Porto - MTE Nº 3802/ES

Assessoria Jurídica
Dra. Alciene Maaria Rosa

Edição do Impresso
D. Porto Editora - ME

Desenvolvimento
Saulo Porto

CONTATO

Rua João Calmon, 880 Centro, Linhares - ES


(27) 3151 6247 / 99857 9813 contato@jornalterral.com.br



© 2019. Todos os direitos reservados.