Sábado, 15 de agosto de 2020

América de Linhares completa 69 anos com disputa na justiça

Publicado em 05/01/2020. http://jornalterral.com.br/t-Mve

Fundado oficialmente em 5 de janeiro de 1951, o América Futebol Clube completa 69 anos neste domingo (5) sem ter o que comemorar. A outrora saudável disputa dos gramados ocorre agora na justiça, onde sócios tentam reverter a venda do Estádio “Joaquim Calmon” para uma rede de supermercados. A área em litígio fica no bairro Shell e está avaliada em cerca de R$ 20 milhões.

De acordo com livros publicados pelos historiadores Lastênio Calmon Júnior e Maria Lúcia Grossi Zunti, o clube foi fundado efetivamente em 1948, após uma reunião no Salão do João Alemão. O primeiro presidente foi Amenófis Arnizaut e o senhor Auto Guimarães e Souza doou as primeiras camisas.

Desde o seu surgimento, o América passou a fazer parte do cotidiano de Linhares, conquistando boa parte dos torcedores e rivalizando, no plano municipal, com o Industrial, criado em 1952. Antes de ocupar a área no bairro Shell, o time se apresentava no campo onde hoje se encontra a Igreja Católica (Matriz), no Centro.

O América participou de várias edições do campeonato capixaba e obteve a sua melhor colocação em 1979, quando chegou ao quadrangular final e ficou atrás da Desportiva (campeã), Vitória (vice-campeão) e Rio Branco. A última participação no futebol profissional ocorreu em 1989, na segunda divisão.

Em 15 de março de 1991 surgiu o Linhares Esporte Clube, fruto de uma parceria entre América e Industrial, e o Linhares passou a jogar no Estádio “Joaquim Calmon”. Em 1994 o América não aceitou unir os patrimônios e a parceria foi desfeita. Dessa forma, o Linhares ficou com o registro do Industrial e o América manteve o seu estádio.

No ano passado, a área foi negociada com uma rede de supermercados da Grande Vitória. Insatisfeitos, vários sócios do América passaram a se reunir e a discutir o que poderia ser feito para tentar reverter a transação.

No dia 14 de novembro os sócios Estevão Ceolin e João Belizário Bortulini ingressaram na justiça solicitando a paralisação das atividades de construção de hipermercado no imóvel e o bloqueio do bem até a decisão sobre o mérito processual.

Os sócios do América são representados nos autos pelo escritório Magescky & Carnieli Advogados Associados, dos profissionais Daniele Zanetti Magescky Carnieli e Rodrigo Ramos Carnieli. O processo tramita na 1ª Vara Cível e Comercial de Linhares sob o nº 0012856-43.2019.8.08.0030.

Em destaque, equipes do América das décadas de 1950 e 1980 e o Estádio “Joaquim Calmon”, situado no bairro Shell

 

Arquivo do Jornal TERRAL e Facebook

 

 

 

 

ANÚNCIO
Fundado em 29/11/1990, o Terral possui circulação impressa semanal e agora estende sua atuação para o ambiente online. Acompanhe-nos através das redes sociais e compartilhe as matérias.
EXPEDIENTE

Diretor
Daniel Porto

Jornalista Responsável
Daniel Porto - MTE Nº 3802/ES

Assessoria Jurídica
Dra. Alciene Maria Rosa

Edição do Impresso
D. Porto Editora - ME

Desenvolvimento
Saulo Porto

CONTATO

Rua João Calmon, 880 Centro, Linhares - ES


(27) 3151 6247 / 99857 9813 contato@jornalterral.com.br



© 2019. Todos os direitos reservados.